quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Nostalgia

0 comentários



Oi meninas ! será que ainda tem alguém ai ? Bom, provavelmente não afinal acho que nem eu frequento mais blogs de IB, agora são apenas fanfics e mais fanfics. 
Não sei nem como eu vim parar aqui de novo kkk acho que faz uns 2 anos cara ! eu lembro do meu vício por esse blog e o quanto eu ficava louca quando algumas de vocês comentavam. 
Mas vou deixar de enrolar (ou nem isso né, porque nem sei se alguém vai ler isso aqui)

Vim dizer pra vocês que li Apaixonada pelo meu colega de quarto e bateu aquela nostalgiazinha chata, sem falar na vergonha que me deu ao ver meus erros e o modo como eu escrevia dois anos atrás algumas coisas kkk, Por isso vim aqui deixar um recado pra vocês que gostaram dessa IB.

VOU VOLTAR A ESCREVER APAIXONADA PELO MEU COLEGA DE QUARTO !

Isso mesmo que você leu, se você gostava dessa IB e está afim de saber oque vai acontecer é só clicar nesse link logo abaixo que é onde eu vou postar a IB (fic).


Se alguém estiver realmente lendo isso oque eu não acho um pouco impossivel, e se você for uma das meninas que comentavam e que pediam para voltar .. Um muito obrigadoooo

quero agradecer a todas vocês pelo apoio, agradecer a Chata da Maju que ficou enchendo o meu saco para voltar com a IB, as meninas que me mandaram emails pedindo pra continuar, a todas que comentaram e a julia valino e ao blog (ibdojustinbiebercat.blogspot.com.br) que postou duas das minhas ibs e todas com créditos ! MUITO OBRIGADA !!


Por favor comentem se vocês estão ai, leram esse post e se estão loucas para ler de novo apaixona pelo meu colega de quarto

BEIJÃÃOOOO 

domingo, 21 de julho de 2013

Capítulo 8 - refrescando a cabeça

5 comentários
** : Minha filha –ela tentou me abraçar mas eu desviei-
Eu : Então .. oque você veio fazer aqui afinal ?
Mãe : Eu quero conversar com você , te levar pra casa Lola
Eu : Nós não temos nada para conversar e eu nunca mais boto os pés naquela casa
Mãe : Eu sei que eu errei mas eu me arrependo muito do que eu fiz Lol
Vó : Bom .. vou deixar vocês a sós
Mãe : Filha .. eu sinto tanto a sua falta –ela tentava chegar mais perto mas eu sempre recuava-
Eu : Não você não sente .. se você realmente sentisse você teria me visitado no hospital ou sei lá teria acreditado em mim não é mesmo ? mas não você preferiu acreditar num carinha que você conheceu a menos de um ano
Mãe : Filha .. por favor –ela já chorava- eu sinto muito
Eu : Não você não sente ... nem sei como ele deixou você vim até aqui , só se ....... –olhei o rosto dela e estava na cara- só se ele tenha te largado !! então foi por isso que você veio me procurar por que ele te deixou !
Mãe : Por favor filha , volta pra casa ..
Eu : Vai embora .. AGORA ! VAI ! –ela saiu e eu subi as escadas correndo-
Claro , ela só veio me procurar por que ele largou ela eu deveria ter percebido isso antes ai me pouparia de ter essa conversa que agora me deixou mais do que nervosa . Eu andava de um lado para o outro sem saber o que fazer , eu já não tinha lagrimas para derramar .
Vó : Você vai acabar abrindo um buraco no carpete mocinha –e riu-
Eu : -abracei ela- eu não agüento mais vó , não agüento !
Vó : Que tal você sair um pouco pra refrescar a cabeça ?
Eu : Eu quero ficar em casa ..
Vó : Vai Lol , pelo menos você esquece um pouco essa historia !
Eu : Mas ... mas ..-olhei pra ela com aquele sorriso sincero e aquele olhar protetor , eu já estava vencida- ta bom .. eu vou sair
Vó : Otimo –ela sorriu e saiu do quarto-
Peguei meu telefone e Liguei para a Carol , mas ela estava ocupada fazendo um projeto e a Rachel estava cuidando dos primos . A minha ultima solução Foi o Zac , mas eu tive que deixar recado
Eu : Hum .. Zac ? sou eu a Lol , eu to precisando de você aqui comigo , preciso dos seus conselhos –dei uma risadinha- eu to cheia de problemas esses dias –suspirei- então .. vamos sair hoje ?
Demorou um pouco e a mensagem dele chegou :
** Zac : Desculpa Lol , agora não vai dar :: shopping com a Elena L **
Claro , ele estava com a Elena ... Então eu ia ficar em casa mesmo  . Desci e minha avó estava sentada no sofá assistindo filme .
Vó : Você vai assim ? –apontou para mim que estava completamente descabelada e com a maquiagem borrada por causa do choro-
Eu : Meus amigos todos estão ocupados , eu não vou mais sair ...
Vó : Ah ...
Me sentei do lado dela
Vó : Por que você não anda um pouco na rua ?
Eu : Vó , você esta querendo se livrar de mim ? –olhei surpresa pra ela e nós demos risada , a minha primeira risada depois daquela conversa com a minha mãe-
Vó : Não , de jeito nenhum .. é que eu lembrei que tinha que comprar alguma coisa para o jantar ai eu pensei que você poderia ir Lá comprar alguma coisa
Eu : Mas ainda nem é de noite !
Vó : Eu sei , mas pelo menos é alguma coisa pra você fazer
Eu : Ta ta ...
Subi e peguei uma roupa fresca para sair , mas também peguei um casaco por que estava ficando frio 

Eu : Vó já to indo viu ?
Vó : Ok .. tome cuidado

Fechei a porta e fui andando até achar um mercado próximo já que eu não fazia a minima ideia de onde poderia ter um mercado por aqui , até que eu passei por uma casa onde tinha um menino  sem camisa jogando 

Eu : Com licença , voce poderia me informar onde tem um mercado por aqui ?
** : Eu sabia que voce viria 
Eu : Como é ? -falei assustada , mas ai eu percebi eu estava na terceira casa depois da minha ou seja eu estava na casa do ... justin-
Jus : Iai ? 
Eu : Eu só quero saber onde é o mercado 
 Jus : Pera que eu te levo .. -ele correu para pegara blusa-
Eu : Não , não precisa
Jus : Vamo ? -ele sorriu-
Eu : É o jeito 

Fomos andando e ele sempre tentava puxar assunto 

Jus : Você parece chateada
Eu : Problemas ..
Jus : E eu posso ajudar ?
Eu : Não 
Jus : Então ta -ele deu de ombros-
Eu : Afinal onde esta esse mercado ?
Jus : Que mercado ? -ele perguntou confuso-
Eu : Que mercado ?! justin , o mercado que você ia me levar
Jus : Eu não sei onde é o mercado , acabei de me mudar -e ele riu alto-
Eu : Idiota ! 
Jus : Eu só queria conversar com você -ele riu-
Eu : Pois agora eu quero saber oque eu vou jantar 
Jus : Eu estou livre essa noite 
Eu : Não ! mas eu aceito um sorvete 
Jus : legal -ele sorriu- vamos em casa buscar o meu carro-

Voltamos o caminho todo até que chegamos na casa dele , ele subiu e disse que ia tomar um banho então já da pra notar que eu tive que entrar e ficar lá

** : Ei ! -uma voz gritou-
Eu : Hum ? -ai vi que era uma menininha- oi , como é seu nome ?-sorri pra aquela coisa fofa que estava na minha frente-
** : Meu nome é jazzy , e o seu ? -ela pulou para o sofá e sentou no meu colo oque me fez rir-
Eu : Meu nome é Lola 
Jazz : você é a namorada do justin ?
Eu : Eu ? não não ... só amiga mesmo 
Jazz : Ah ...
juss : e você já conheceu a Lola não é jazzy ? -justin apareceu da escada- vamos ?

Tenho que dizer que ele estava realmente lindo 

Eu : V-vamos -sorri sem graça-

Fomos até a garagem e entramos no carro

Eu : Espero que você saiba onde é o lugar -ele riu quando já estava bem longe da nossa rua ele falou-
Juss : Na verdade ... eu não sei onde é -bati nele e nós rimos-
Eu : E você esta me levando pra onde ? 
Juss : ali -ele apontou- um Mc donalds 
Eu : Pega o drive que eu não to afim de sair do carro não -falei com preguiça e ele riu-
Juss : ta ... iai vai querer oque ?
Eu : um sorvete -dei de ombros-

Nós pegamos o sorvete ele estacionou em uma das garagens do estacionamento do Mc donalds

Juss : Então .. oque aconteceu pra você estar assim ?
Eu : Longa historia 
Juss : Eu tenho todo o tempo do mundo -e automaticamente eu sorri-
Eu : Aposto que você já sabe oque aconteceu comigo , afinal já virou assunto do colégio
Juss : Mas eu pensava que era mentira -ele olhou assustado-
Eu : Dependendo do que você escutou .. não , não é mentira -abaixei a cabeça- eu realmente fui para uma clinica 
Juss : Mas .. por que ?
Eu : Por que minha mãe acreditou mais em um cara que ela conheceu a menos de 2 meses do que em mim
Juss : hum ?
Eu : Pra resumir a historia pra você .. Minha mãe colocou um cara que ela conhecia a pouco tempo em casa pra morar com agente ela estava completamente apaixonada , ele abusava de mim e quando eu resolvi contar para a minha mãe ele desmentiu disse que eu estava louca e me colocou na clinica
Juss : -ele me olhava assustado- N-nossa .. eu sinto muito 
Eu : -sorri- tudo bem .. 
Juss : Então por que você esta assim ?
Eu : Por que por algum motivo o canalha largou minha mãe e ela veio me procurar hoje de tarde pra pedir desculpas , mas ela só veio ... por que ele largou ela -falei já chorando , ele me abraçou e colocou meu rosto em seu ombro-
Juss : Calma , vai ficar tudo bem ... isso tudo vai passar 
Eu : -limpei as lagrimas- assim espero -me ajeitei no banco-
Juss : Então ... quer ir em um lugar comigo ?
Eu : Se você souber aonde é eu aceito -nós rimos-

(***)

Eu : A escola ? -olhei incrédula- esse é o lugar ?
Juss : Vamos lá pra cima -ele me puxou 

Ele abriu uma janelinha e colocou a mão para que eu pulasse 

Eu : Não .. de jeito nenhum .. eu não vou fazer isso 
Juss : Vamos Lol 
Eu : Como você sabe o meu apelido ? -ele riu-
Juss : você vai ou não ? -ele fez sinal com a cabeça-
Eu : ta ta bom -coloquei o pé em sua mão e ele me deu impulso para que eu conseguisse chegar na janela- aaah -gritei , eu estava pendurada na janela e só dava para escutar as risadas do justin , dei um impulso maior e finalmente entrei - ande logo seu imbecil 
Juss : Fala mais baixo se não nós estamos ferrados 
Eu : Ok ok -falei baixinho-
Juss : Vamos -ele segurou minha mãe e me puxou , aquele toque me deu calafrios , uma sensação boa e automaticamente eu sorri feito uma boba-

Subimos escadas e mais escadas , as vezes eu tropeçava e o justin dava risada mas vamos pular essa parte, afinal eu sou um desastre 

Eu : Nossa -olhei surpresa- 

Estava tudo completamente iluminado , era perfeito , completamente diferente de de manhã .. era Incrível

Juss : Não é lindo ? eu vim aqui uma vez pra pensar ... -ele juntou nossos corpos passando a mão pela minha cintura-
Eu : é perfeito !  

Ele apontava e mostrava as coisas como se soubesse exatamente cada coisa , oque as vezes me fazia rir um pouco afinal ele nem sabia onde tinha um mercado na rua dele . Mas quando eu olhava todas aquelas casas e predios iluminados eu entrava na onda dos pensamentos dele e aquilo me fazia tão bem .



Ele me olhou com uma cara engraçada 

Eu : oque foi ? ... -ele ia se aproximando- eu to ficando com medo -nós rimos e ele correu , me carregou e depois tudo a minha volta estava girando , literalmente ... girando-

Eu : -rindo- justin .. para me coloca no chão 

Aos poucos ele foi parando , ele me segurou firme e foi me deitando no chão ..
Eu não sabia oque fazer , ele estava concentrado olhando nos meus olhos e eu nos dele , perdida no par de olhos cor de mel na minha frente .
Ele se inclinou para mais próximo de mim e deslizou sua mão pela minha coxa , podia sentir seu halito de menta e as nossas respirações já se confundiam .


E agora .. eu o beijo ou não ? .. eu sinto que se eu o empurrasse agora eu ia me sentir uma idiota daqui a algumas horas por ter rejeitado um gato desses . Meu coração dizia BEIJE-O mas minha mente dizia PARE Então eu preferi escutar o meu coração .. só uma vez .. nossos lábios se encostaram  e começamos um beijo doce e calmo , nossas línguas estavam em perfeita sintonia . O melhor beijo de todos .
Mas ai nós precisamos de ar e tivemos que separar nossos lábios , quando ele descolou nossos lábios foi como se um vazio tivesse voltado , ai eu percebi , eu precisava dele , precisava dos seus lábios nos meus .
Ele sorriu , com o sorriso mais perfeito e me deu um beijo rápido 


Ele tirou uma mecha do meu cabelo do rosto e eu entrelacei meus braços em seu pescoço
Ficamos um tempão assim , os olhos vidrados trocando beijos rápidos 

Eu : É melhor agente ir -me levantei e ele também se levantou e entrelaçou seu braço na minha cintura-
Juss : Só mais uns minutinhos 
Eu : Não , já esta tarde 
Juss : -fez cara de cachorrinho que caiu da mudança- por favor -fez beiço oque me fez rir-

Ele me beijou de novo , um beijo calmo e romântico . Ele beijou minha bochecha e foi descendo até o meu pescoço , voltou para a minha orelha e sussurrou no meu ouvido


Juss : agora podemos ir -e sorriu- 


Continua .... 


COM 3 COMENTÁRIOS EU CONTINUO >.<

Oi meninas .. desculpa a demora pra postar , é que eu to na casa da minha avó e pra a internet pegar é um sacrificio ! .. teve coisas que não ficaram muito boas eu acho até que teve imagens a mais e tal então mil desculpas . 
segundo aviso : talvez final de semana que vem eu só poste no domingo por que eu vou estar viajando então não vai ter internet :(




** Meninas me sigam no instagram : Thaiana_spinola , sigo todas de volta !**

sábado, 13 de julho de 2013

Capítulo 7 - O tal Justin ...

3 comentários

Na minha cabeça se passava um bilhão de coisas , e as coisas que a Blair havia me dito pareciam se repetir e se repetir na minha cabeça . Além de ter que aguentar os elogios da Carol e da Rachel dizendo que o que eu fiz foi incrível eu tinha que aguentar todas aquelas pessoas olhando pra mim .
Eu : Vou pegar um refrigerante ... alguma de vocês querem ? –disse me levantando da mesa , eu precisa de ar , e torcia para que elas dissessem  que não precisavam de nada ou não fossem comigo , eu precisava de um tempo sozinha-
Carol e Rachel : Não
Rachel : Vou com você ..
Eu : Não Rachel ... quer dizer .. não precisa pode ficar ai –tentei ser o mais convincente e educada possível –
Rachel : Então ta .. -ela ainda olhava desconfiada-
Passei por todo aquele campo de batalha que era o pátio e finalmente cheguei na maquina de refrigerante , peguei dinheiro no meu bolso e coloquei na maquina mas ela não queria me dar a porcaria do refrigerante , então eu chutei e bati naquela merda de maquina mas nada do refrigerante descer .
Eu : Droga ! máquina estúpida
Escutei uma risada fofa atrás de mim , era o tal justin , ele se abaixou e pegou o refrigerante que já tinha descido só eu não tinha visto . Ele era alto ... bem alto .
Justin : Acho que você deve desculpas a maquina –ele apontou e sorriu-
Eu : é .. talvez .. –olhei para o refrigerante- obrigada –sorri-
Justin : De nada
Fui saindo e deixei ele lá parado , a ultima coisa que eu quero agora é companhia principalmente do ex da minha prima . Mas não teve jeito , enquanto eu ia para a cobertura do colégio percebi que ele correu para me acompanhar
Justin : Hum .... eu sou o justin –ele estendeu a mão para mim , apenas olhei e continuei seguindo caminho-
Eu : Sei quem você é ..
Justin : Isso é bom .. eu acho –ele deu uma risada abafada- mas e você , qual o seu nome ?
Eu : Até parece que você não sabe o nome da ‘’louca do colégio’’
Finalmente cheguei na cobertura , era lá que os alunos de jardinagem deixavam as flores e dava para ter uma boa vista de toda a cidade , ta eu to exagerando , só a metade dela . Mas lá era calmo e quieto e era o que eu precisava . Me sentei no murinho e o tal justin sentou também
Justin : Eu não ligo muito para o que os outros dizem , eu já passei por isso e sei quando é verdade e quando é boato , eu sei como é se sentir assim .
Eu : Ah ta bom .. até parece
Justin : Ta eu me rendo –ele riu e colocou as mãos para cima, esse menino esta sempre rindo ? – você é muito difícil de conversar –ele se levantou e foi saindo-
Eu : Lola , meu nome é Lola–gritei-
Justin : -ele se virou com um sorriso encantador-  Espero vê-la de novo Lola .. 

Quando fui ver estava sorrindo também , é como se ele tivesse um efeito sobre qualquer um sempre sorrindo e fazendo as pessoas sorrirem , igual a Ana . Acho que vamos ser bons amigos.
Estava tomando o refrigerante quando uma louca grita e eu quase caio de cima do colégio para o chão do patio , ai seria otimo além de ser louca seria a suicida , mas não importa . Quem tinha me gritado foi a ..

Eu : Marie !!!! -corri para abraça-la-
Marie : Você nem vem falar comigo né garota ? nossa eu fiquei preocupada quando soube
Eu : Desculpa Amiga , é que foi muita coisa na minha cabeça hoje
Marie : Imagino -ela riu- fazer a Blair chorar não é algo muito comum aqui , só no jardim de infância mas .. isso já faz quanto tempo mesmo ?
Eu : -rimos- só você pra me fazer rir dessa situação
Marie : Bom , falta 7 minutos pra o sinal tocar vai ficar ai ?
Eu : -corri e a puxei rindo- vamos

Descemos feito duas loucas pela escada e saímos correndo pelo corredor , eu não si oque havia dado em mim mas naquele meio minuto que fiquei sozinha eu pensei .. talvez eu devesse esquecer , talvez eu devesse ser outra pessoas eu acho .

Quando eu entrei na sala com a Marie rindo o professor olhou feio para Marie e fez um olhar de pena em direção a mim , Mas que droga !! oque tem com essa gente ? eu estou ótima !

Blair : Chegou a Lolbaleia -ela deu um risinho , cheguei para mais perto dela-
Eu : E parece que agora pra te dar um corretivo vai ter que ser na base da porrada né ? -todos riram- acho bom ficar caladinha Blair , você não sabe com quem esta se metendo
Professor : Vamos , sente-se logo senhorita

Ok , como eu pude ter sentido saudade desse manicômio ? , pra piorar a Ana se sentiu mal e teve que ir embora ou seja eu ia ter que ir pra casa andando . Recebi o recado com a professora de inglês que se ofereceu até pra me dar carona por pena é claro até por que aquela mulher me odiava ! mas ai eu gritei com ela falei tudo que tinha entalado e agora estou só esperando a diretora deixar eu ir embora .

Diretora : Lola ?
Eu : Sim ?
Diretora : Sei que esta sendo dificil pra você mas você tem que entender que já passou
Eu : Ai meu deus ! já chega ! não é por conta do que aconteceu que eu to assim
Diretora : Então oque é afinal ?
Eu : As pessoas ! elas me olham com pena como se eu fosse uma pobre coitada ... eu .. eu não gosto disso , eu estou bem e não mereço isso que as pessoas estão fazendo , quando eu precisei de apoio , de olhares amorosos ninguém estava lá . Eu quero ser tratada como sempre fui  ..
Diretora : Tudo bem .. vou conversar sobre isso com os professores
Eu : Obrigada
Diretora : Pode ir pra casa
Eu : Mas ainda faltam 30 minutos pra acabar a aula
Diretora : Tudo bem pode ir -ela sorriu como sempre sorria pra mim-

Peguei a minha mochila e vi que alguns meninos já tinham saído mas apenas eles , vi o tal justin com os amigos do basquete e vi Zac de costas do outro lado , corri até ele

Eu : -cutuquei ele- será que ainda tem tempo pra sua amiga ''louca'' ?
Zac : Lol ! -ele me abraçou fazendo eu tirar os pés do chão- claro que eu tenho tempo pra vc , sempre ! estava morrendo de saudades cara
Eu : Eu que o diga senhor Zac , aquela tua namorada nem deixou agente se falar direito hoje de manhã
Zac : É , a elena é meio desconfiada ... ela sempre viu agente junto aqui no colégio e acha que eu tenho alguma coisa com vc -nós rimos-
Eu : entrei para o cargo de amante agora



Zac : -ele riu- e então saiu cedo hoje por que ?
Eu : longa historia -suspirei- ei , pode me dar uma carona ?
zac : Claro , entra ai -ele foi entrando-

Mas o sinal tocou , e todos inclusive a Elena desceram e quando ela viu eu no carro do Zac logo veio correndo para ver oque estava acontecendo

Elena : Zac ? oque é isso ?
Zac : Eu vou levar a Lol em casa Eli
Elena : Mas vc não disse que ia me levar hoje ?
Zac : Eu disse ? -ele falou confuso , tava na cara que ela tava inventando -
Elena : Argh .. ou eu ou ela Zac , escolha !
Eu : Zac , acho melhor eu ir senão eu perco o onibus
Zac : Mas Lol o Onibus já deve ter saido
Elena : Zac !! -ela gritou e todos já estavam olhando para nós-
Eu : calma ai oh irritadinha -falei e ela sentou no meu lugar- tchau Zac
Zac : -olhou triste- Tchau Lol

Olhei o carro de Zac ir embora e deu um Longo suspiro , parece que eu ia mesmo a pé pra casa .
Estava indo atravessar a rua quando um carro perfeito preto para bem a minha frente quase me atropelando

Eu : TA MALUCO É ?! -bati no vidro do carro , não dava pra ver quem estava mas ai eu vi .. era o Justin-
Justin : Achei que você ia querer uma carona -ele sorriu-
Eu : Bom , eu estava pretendendo ir pra casa e não para o hospital sabe ?
Justin : -ele riu alto- Anda , entra ai

Eu não queria entrar no carro daquele garoto mas eu também não queria ir a pé , então não teve jeito quando eu dei por mim já estava colocando o cinto .
O caminho estava chato e silencioso , então não aguentei e liguei a radio estava passando The other side
Comecei a cantar baixinho e o justin riu e depois ele cantou também  , quando fui ver já estávamos loucos cantando alto e eu dançando feito uma doida




Justin : Você é ....
Eu : Doida ? eu sei -eu ri-
Justin : Eu a dizer incrível mas acho que doida também serve
Eu : bom , minha casa é ali -apontei-
Justin : então esta entregue senhorita
Eu : Obrigada -sorri-
Justin : Então ... você quer .. sei lá sair pra tomar um sorvete qualquer dia desses
Eu : Não -bati a porta do carro e sai-
Justin : Se mudar de ideia eu moro na terceira casa a esquerda
Eu : Eu não vou mudar
Justin : estou te esperando -ele estava sorrindo como sempre-

O carro dele saiu e eu bati na porta de casa , minha avó atendeu a porta com uma cara não muito agradável

Eu : -entrei- oque houve vó ? ... -olhei na sala e o motivo estava lá- O que você esta fazendo aqui ?


Continua ....


Continuo com 3 comentário meninas s2 s2 s2


BIEBERKISS



** Ei me sigam no Instagram : @thaiana_spinola ... quem for daqui do blog comenta uma foto dizendo que é leitora daqui que eu sigo todas de volta !! **


Segundo selinho

0 comentários


1- você é belieber dez de quando ?
Desde o inicio de 2010 
2- as pessoas te julgam por ser belieber?
Algumas sim outras não , na verdade tem mais aqueles engraçadinhos que gostam de falar mal dele mas eu como sempre o defendo . Mas hoje em dia são poucos muito poucos , sempre ganho Posters dele das meninas que não gostam dele e sempre que tem uma noticia na Tv os meninos lá da minha sala me contam (apesar de eu já saber tudo huahuahua) então acho que com o tempo vc se acostuma e não liga quando um ou outro engraçadinho te julga e tal ;)
3- por que vc criou um blog?
Longa historia haha'' , a minha primeira Ib Que eu li foi Nature humam da imagie belieber brazil e eu era muuito obcecada por ela dai eu fui descobrindo outras e outras e fui ganhando inspiração dai eu resolvi criar o meu e aqui to eu o// kkkkkk
4- oque vc mais admira no Justin ?
Acho que a determinação , se ele não fosse persistente e determinado acho que ele não estaria onde esta hoje , ele seguiu os sonhos dele e foi forte pra enfrentar tudo e todos os obstáculos , então acho que isso que mais me admira nele . 
5- que musica vc mais gosta do Justin?
Aii que pergunta difícil !! bom eu gosto de never let you go , U smile , down to earth , Be alright , turn to you (não sei por que mas essa musica me faz chorar toda vez que escuto ela) , ALAYLM , como eu não sou santa ::: Lolly heuheuheuheuheuhe  e por fim Omaha mall hsuahsuhaushaus



Bom , eu dedico esse selinho a todas as leitoras do meu blog  que tem uma Ib como eu .. Então se vc que esta lendo isso agora tem uma Ib e acompanha o meu blog  estou te dando esse selinho ai em cima como um presente , obrigada a todas vcs que acompanham e obrigada pelas mil e tantas visualizações por dia sem vcs o blog não estaria como esta hoje OBRIGADAAAA:) 

Minhas perguntas para quem quiser esse selinho :

1 - Qual A coisa mais bizarra que vc fez pelo justin ?
2 - Qual foi a primeira musica que vc ouviu do justin ? 
3 - Se vc visse o justin agora na sua frente oque vc faria ?
4 - Qual a menina perfeita para o justin ? (só pode ser famosa viu ?!)
5 - Se vc pudesse ser uma parte do corpo do justin qual vc seria ? (kkkkkkk'' adoorooo )

sábado, 6 de julho de 2013

The Future Capítulo 6 - Verdades

4 comentários

Era tão bom respirar ar livre , era tão bom saber que eu estava indo para o lugar que mais me sinto bem sem medo do que pode estar me esperando , estava indo para a casa da pessoa que mais me entende , antes minha mãe com certeza estava em primeiro lugar eu sempre contava tudo pra ela e sempre ela me aconselhava  mas depois de tudo não acredito mais nisso , aprendi tanto com aqueles dias que passei na clinica as coisas que passei lá não foram as melhores lembro quando por desespero me mutilei e tive que ficar em um quarto horrível mas depois de uns dias retornei ao meu ''antigo'' quarto ainda dava pra ver as marcas nos meus pulsos mas eram tão fraquinhas que nem dava para perceber . Quer dizer acho que só minha avó tinha como perceber isso por que ela estava toda hora olhando e aquilo estava meio que me incomodando
Vó : quer me dizer o por que disso ? -ela disse enquanto dirigia , eu sabia do que ela estava falando-
Eu : Não .. quer dizer , é que eu não me sinto muito bem falando sobre isso
Vó : Tudo bem -ela sorriu e colocou a mão sobre a minha acariciando de forma protetora- o importante é que você saiu daquele lugar e esta bem agora 
Eu : Obrigada vovó .. não precisa se preocupar com isso -olhei para as marcas- já consegui me recuperar dessa fase 
Vó : Que bom ..-passou a mão no meu cabelo-
Eu : pensei em fazer uma tatuagem em cima dessas marcas 
Vó : Pra que ? você sabe que sua mãe não gosta muito dessas coisas
 Eu : Oque ela acha ou deixa de achar já não importa mais 
Vó : Lola , de qualquer forma ela é sua mãe
Eu : Eu sei disso , mas oque ela fez não tem perdão vovó 
Vó : Ok ok , mas qual o motivo dessa tatuagem ?
Eu : pra sempre que olhar lembrar oque aconteceu comigo
Vó : acho que essas coisas não deviam ser lembradas 
Eu : Não ser ''lembradas'' .. mas que eu tome como proveito sei lá , talvez para nunca mais se repetir 
Vó : E oque gostaria de fazer ?
Eu : pensei em .. uma frase 
Vó : Uma frase ? que frase ?
Eu : Stay strong .. sempre repetia ela na minha cabeça quando as coisas não ficavam boas 
Vó : Ok .. tudo bem 
Chegamos em casa e fui correndo para dentro 
Eu : vô ! .. ana ! -abracei os dois forte-
vô : querida ! graças a deus esta tudo bem .. não acredito que minha filha fez isso ! -ele passou a mão no meu rosto- minha menininha , como a Julian pode ter feito isso meu deus ? ela esta louca
Eu : Acho que apaixonada e iludida seriam as palavras certas vô -disse num meio sorriso-
Ana : Prima ! ainda bem que você voltou ..
Eu : E eu agradeço a você que me trouxe de volta 
Ana : Tenho uma mega noticia pra te falar 
Eu : Oque ?!
Ana : vou ficar aqui talvez até a faculdade ! vou estudar com você e morar aqui -gritos ecoaram pela casa inteira e nossos avós riram-
Eu : Serio ? nossa ! ... vai ser incrível Ann 
Ana : eu já frequento a escola desde ontem e lá é incrível 
Eu : por incrível que pareça sinto falta de lá -sorri-
Ana : pois vai matar a saudade amanhã , o colégio já ajeitou a sua ''volta''
Eu : Jura ? nossa .. não da pra ficar melhor 
vó : vá mostrar o quarto novo dela Ana e depois desçam para jantar 
Ana : ok
Eu : Quarto novo ? -falei confusa afinal eu já tinha um quarto lá-
Ana : é .. agora eu estou no seu quarto e você passou para o outro quarto
Eu : Nossa ! -falei chocada-
Ana : Eu sei -ela riu- eu e a vovó saímos loucas na rua pra arranjar tudo isso de ultima hora já que ela queria você aqui logo
Eu : Esta perfeito ! -passei a mão pela fronha da cama- parece muito com o meu quarto , que eu espero nunca mais voltar 
Ana : Tem até a varanda -ela sorriu e me puxou- caso você queira sair escondido como você fazia -nós rimos alto-
fui colocando minhas malas no closet e me joguei na minha nova cama , nunca tinha entrado nesse quarto mas vovó disse que era o maior quarto da casa e parece mesmo ser , como era bom ter um novo quarto , uma nova casa .. uma nova vida .
Ana : E então .. gostou ?
Eu : adorei -sorri- 
Ana : Que bom lol -ela se sentou e passou a mão na minha cabeça sorrindo- 
Eu : e então .. viu o tal justin na escola ?
Ana : ele tinha faltado mas acho que não vou falar com ele 
Descemos e vovó fez a minha comida favorita , lasanha , eu amo lasanha ainda mais a da minha avó é a melhor das melhores era tudo que precisava agora .. jantar em família , risadas e minha comida favorita minha vida estava perfeita .
Quando acabamos eu e Ann resolvemos fazer uma ''noite do pijama'' no meu quarto novo 
(...)
Julian (mãe) P.O.V - ON 
Voltei do trabalho bem tarde , olhei na garagem e o carro de Mark já estava lá 
Eu : Amor cheguei ! -coloquei minhas pastas sobre a mesa de entrada e tirei o salto-
Mark : Oi amor , chegou cedo
Eu : cedo ?! mark são 1:30 da manhã !
Mark : jura ? nossa o tempo passou tão rápido 
Eu : bom .. eu estou cansada vou dormir 
Mark : Tudo bem .. eu vou na cozinha fazer um café 
Eu : boa noite -selinho-
Mark : boa noite 
Subi e tomei um banho na banheira nossa como era bom relaxar , peguei meu roupão e fui no meu closet quando abri a parte de pijamas vi a foto da Lola nossa que saudade dela como amanhã me deram folga talvez se  eu não sair com o Mark vou passar lá . Vesti o pijama e adormeci mais rápido que a bela adormecida .
{...}
Abri um pouco os olhos e vi o sol refletido na cortina , fechei-os novamente e me virei passei as mãos no lado oposto da cama e ela estava intacta , abri os olhos assutada e quando olhei para o quarto parecia que um furacão tinha passado por aqui 
Eu : Meu deus ! -falei assustada-
Fui no meu closet e todas as minhas roupas e sapatos estavam esparramados pelo closet e a portinha do meu cofre estava aberta , meu cofre estava completamente vazio nenhum joia tinha restado . Tomei um banho rápido para ir na policia aposto que Mark deve estar lá agora .
Desci peguei uma maçã e quando estava fechando a porta vi um bilhete sobre as minhas pastas na mesa que fica na entrada , peguei o bilhete e fui para o carro . Ligava para Mark mas dava sempre caixa postal . A sinaleira estava demorando tanto que resolvi ler logo aquele bilhete 
''Querida Julian ,
Como posso explicar .. oque tínhamos não era real , nunca foi .. jamais senti algo por você . Queria apenas proveito e você não pode me dar isso com exceção de sua filha que na minha opinião é tão boa de cama quanto seu oral fajuto . Pois é , toda aquela historia que sua filha disse era a mais pura verdade como uma mãe tão tola pode acreditar nas palavras de um estranho e internar sua própria filha ? burra , você é realmente uma iludida 
E sobre suas joias ... acho que não farão falta certo ? escrevi essa carta para dizer que vou amar gastar essas suas belíssimas joias e que foi maravilhoso ver a cara da sua filha gritando e chorando pedindo socorro enquanto sua mãe achava que estava num conto de fadas ''
Eu : -chorando- desgraçado ! desgraçado ! desgraçado ! ........ como pude ser tola ?! oque eu fiz com você Lola ? -buzinas- droga !
Fui indo ao trabalho daquele imbecil nem que fosse pra acabar com o emprego daquele idiota ,eu queria acabar com aquele desgraçado,acabar com a vida dele . 
Chegando lá fui até a secretaria 
Eu : Gostaria de falar com o Mark
Secretaria : Mark ? 
Eu : Sim .. o chefe da empresa 
Secretaria : desculpe mas não trabalha nenhum Mark nessa empresa 
Eu : Como assim ? claro que tem
Secretaria : Senhora , o chefe desta empresa se chama Kaio .. acho que houve um engano -ela falou sincera-
Que ótimo ele tinha me enganado , tinha mentido pra mim o tempo inteiro . Não tinha mais oque fazer .. a unica coisa que eu precisava fazer era tirar a minha Lola daquele lugar ... Me desculpar da pessoa que sempre quis meu bem .. A minha filha .
Julian P.O.V - OFF
Lola P.O.V - ON 
Nossa .. como era bom poder voltar para a escola e rever todos os meus amigos , a namorada do Zac era mais chata do que eu pensava ela me irritava só por estar respirando . Mas isso não importa .. Era tão bom ter minhas amigas juntas a mim de novo .
A unica coisa que mais me irritava era ver as pessoas cochichando e olhando para mim como se eu fosse ''a garota maluca que não é mais maluca'' o pior é que eles nem sabem oque eu passei , só sabem que eu fui para uma clinica e fui tida como louca de resto .. nada .
Fui indo para o patio e fui parada pela abelha rainha , Blair
Blair : Ora ora ora .. vejo que a ''lolca'' voltou do hospício
Eu : ...
Blair : Ai garota você é tão ridícula -as amigas dela riram-
Eu : Me diz .. oque eu fiz com você garota  ?
Blair : sei lá .. você com esse seu jeitinho menina excluída é tão ....idiota -ela riu-
Eu : Não me julgue Blair , você sabe meu nome não minha historia  .. Você Não sabe oque eu passei 
Blair : Vejo que voltou revoltadinha  .. mas fique sabendo que hoje , amanhã e depois e depois todos continuarão achando que você é ... maluca 
Eu : Sabe .. eu não sei oque vai acontecer amanhã mas se algo acontecer sei que eu posso enfrentar 
Blair : Fala serio , se toca garota para com esse teatrinho de '' eu posso enfrentar tudo''  
carol : Já chega Blair 
Tay : Ui ui 
Eu : -fui saindo -
Blair : ei , não era você que estava dizendo que estava enfrentando tudo de frente ?
Hoje ninguém pode estragar meu dia , ninguém !
Eu : me diga Blair .. como é ter amigos , namorados pela beleza e popularidade .. me diga oque é fingir ser alguém que não é para impressionar alguém que não quer nada com você .. me diga Blair oque leva você a usar roupas curtas .. me diga oque faz de você quando esta xingando ou julgando os outros , nada você não é nada é só mais uma menina que não tem pais presentes , amigos verdadeiros , opinião própria . Já imagino seu futuro Blair ?  .. provavelmente casada com um jogador por estar tão conservada já que só sabe cuidar da beleza , sem estar formada muito menos trabalhando uma burra em pessoa ... você vai ser daquelas que vão dizer que aproveitaram a adolescência mas se parar para perceber não fizeram nada que uma verdadeira mãe  que quer um futuro promissor para o filho fez 
Blair saiu chorando e suas seguidoras se juntaram a ela também ...quando saíram vi que todos estavam olhando para mim . Estava me sentindo mal por toda aquela situação , todos olhando pra mim assustados ,com medo ou pena . Mas também tinham aqueles que estavam surpresos por eu ter dito aquilo , ter dito algo que ninguém jamais teve coragem de dizer  .
Carol : Vamos Lol vamos sentar
 A Carol e a Rachel me levaram para a mesa , quando olhei para o lado o tal justin estava sentado na mesa e estava me encarando mas logo eu desviei o olho .

Continua ...

Com 2 comentários eu continuo gatas !

sexta-feira, 5 de julho de 2013

The future Capítulo 5 - Recomeçar

2 comentários

{...}
Acordar mais um dia naquele lugar era como acordar e imaginar que nada tinha acontecido ontem e refazer tudo que fiz ontem como se não houvesse o amanhã . Eu sei , parece complicado mas oque eu quero dizer é que eu sempre faço as mesmas coisas todos os dias como cantar , dançar , pular na piscina , comer e depois ficar dando cambalhota coisas do tipo que eu nunca me imaginaria fazendo mas que hoje são as únicas coisas que me deixam alegres ou me distraem quando não esta na melhor parte do dia é claro , que é quando eu recebo visitas . Aquele lugar eu já não chamava de clinica e como Rachel uma vez disse parece mais um hotel ou até mesmo um SPA e concordo plenamente pois dos dias que passei aqui não vi alguém com problemas psicológicos apenas pessoas querendo esquecer os problemas da sua casa , do seu trabalho , da vida.
A melhor parte do dia como eu disse são as visitas , a maioria das vezes vinha sempre a carol , a rachel ou até o Zac , no incio eles não acreditaram muito no por que de eu ter vindo parar naquele lugar e aposto que sentirão receio , medo de eu estar realmente louca mas sabe ? nesses 28 dias que passei aqui pude refletir e ter um momento calmo comigo mesma mas sempre sentia medo daquele desgraçado estar fazendo algo com minha mãe , ela praticamente nunca vem me visitar só vem pra dizer que esta tudo bem e daqui a pouco tempo eu voltarei pra casa na verdade eu até já deletei essa frase da minha cabeça por que eu já tenho escutado tantas vezes isso que já me cansa . 
Enfermeira : Lola você tem visitas -logo me veio um sorriso de orelha a orelha-
** : Iai gata !
Eu : Carol .. raquel !
Rachel : oi amiga que saudades !
Eu : vocês me viram ontem -nós rimos-
Carol : Lol , tem uma pessoa que também quer falar com você
Imaginei que seria Zac mas quando vi que era ela dei um pulo e a abracei tão forte que não queria solta-la nunca nunca mais 

Eu : NÃO ACREDITO ! 
** : Oi prima ! 
Eu : Ana ! nossa que saudades de você !
Ana é a minha prima que mora nos estados unidos mas que nasceu no texas  , ela é realmente a menina mais engraçada  que já conheci e ela é uma fofa com aqueles cabelos  escuros  , um rosto delicado , os olhos combinando com o cabelo e a boca bem rosada   .
Ana : Prima não acredito que você esta nesse lugar .. nem acredito que a tia julian poderia ter feito isso 
Eu : sei disso aninha , nem eu acreditei -abaixei a cabeça- 
Ana : Sabia que a vovó não sabe de nada ?!
Eu : como é ? -olhei assustada-
Ana : pois é , sua mãe inventou uma historia dizendo que você estava numa excursão com a escola , como eu tenho um certo dom pra saber quando as pessoas estão mentindo logo vi que tinha alguma coisa errada , então eu liguei para a Carol e ela me contou toda a verdade -ela passou a mão no meu cabelo com delicadeza-
Eu : deve ser sido por isso que a vovó não veio me visitar -senti os meus olhos pesarem , eu sabia que a qualquer momento um mar de lagrimas poderia vir-  nossa minha mãe passou dos limites ... 
Ana : Não se preocupe Lol , eu sempre vou te ajudar -ela sorriu com aquele sorriso doce e sincero de sempre-
Eu : Então eu quero que você  faça uma coisa pra mim Ana
Ana : Pode falar 
Eu : Amanhã você vai falar toda a verdade para a vovó 
Ana : Tudo bem prima farei isso por você -sorrimos-
Eu : Ta ta .. ei vão entrando !
Rachel : pensava que não íamos fazer isso nunca , essa mochila ta pesada demais cara ! -nós rimos-
Arrumamos as coisas como comida , colchões nós tínhamos decidido fazer uma pequena festa do pijama aqui , foi muito difícil esconder da minha mãe que elas iriam passar a noite aqui mas com a ajuda da Manu a minha enfermeira tudo deu certo . Começamos a pintar a unha uma da outra e eu nem me lembrava mais como era aquela sensação de rir até a barriga doer foi realmente perfeito , quando acabamos começamos a botar os assuntos em dia .
Carol : e então como tem sido seus dias ? 
Eu : normais .. quer dizer .. já vai fazer um mês que estou aqui então sempre faço as mesmas coisas .
Rachel : Um mês ?!
Eu : é -abaixei a cabeça mas deu pra ver carol dando uma cotovelada em rachel e não teve como não rir- mas e vocês como andam ?
Rachel : eu .. estou na mesma 
Carol : Eu também 
Rachel : ha ha ha .. quem você pensa que engana ? -ela olhou desafiadora para carol que já estava envergonhada-
Carol : como é ?
Rachel : bom .. essa dai -apontou pra Carol- esta tendo um rolo
Eu ; Oque ?! .. pera .. é com a pessoa que eu to pensando ?
Rachel : Se você pensou no nosso professor de inglês .. resposta certa ! -nós todas rimos menos a carol-
Carol : não tem graça tá ?
Eu : tá ta bom oh pegadora de professores -todas nós rimos- mas e você ana ? você é tão linda , aposto que tem alguém nesse coraçãozinho
Carol : Nossa amiga .. falou igual a minha avó agora -todas rimos e eu joguei um travesseiro na cara dela- 
Ana : Eu ? .. bem , eu namorava um menino só que ele se mudou então nunca mais o vi mas isso já é passado 
Todas menos ana : UUUUUIII -nós rimos-
Rachel : Pra onde ele se mudou ?
Ana : Não faço a minima ideia 
Carol : Mas ele não falou nada ?!!
Ana : Nós tínhamos uma relação ótima , eu amava ele mais que tudo e eu sentia que ele sentia o mesmo por mim se duvidar até mais -ela riu abafado- quando ele soube que iria se mudar ele não pensou em nada além de mim , ele queria ficar comigo para sempre , eu lembro que jurávamos amor eterno -ela mexia na sua pulseira enquanto deixava um sorriso bobo estampado no rosto- Mas não tinha jeito ele tinha que se mudar de qualquer forma , eu chorei dias e dias e ele também ! então a mãe dele adiantou a sua mudança e minha mãe me mandou pra cá pra ... esquecer 
Carol : nossa -ela falou chocada-
Eu : -segurei a sua mão- vai ficar tudo bem -sorri sendo sincera e ela sorriu radiante novamente-
Carol : É  parte pra outra garota !  
Rachel : por falar em partir pra outra , entrou um menino a perdição lá no colégio Lol
Carol : o nome dele é Justin e ele veio de nova york
Eu : que legal a Ana também -olhei pra ana e ela parceia meio estranha-
Rachel : o Boy magia deu um fora na abelha rainha esses dias e foi tipo assunto da semana 
Eu : mentira ! e oque ele disse a ela ?
Carol : que tinha acabado de sair de um relacionamento e ..
Ana : não pode ser -ela disse com os olhos arregalados-
Rachel : hum ?
Ana : e-esse menino 
Carol : Oque é que tem criatura ? -olhávamos confusas pra ela que parecia que tinha visto um fantasma-
Ana : Ele tem olhos cor de mel e um cabelo tipo topete ?
Carol : sim
Ana : usa calças caídas e supras ?
Rachel : sim
Ana : é ele ! meu namorado ! quer dizer .. meu EX -ela se encolheu-
Carol : ah ta bom , finjo que acredito .. quer dizer não é por nada mas ele dispensou uma barbie em pessoa e tal . E não existe só um Justin em Nova York
Ana : Justin Não é dessas coisas , ele sabe oque é ser excluído e conhece muito bem esses tipos de garotas como essa tal de abelha rainha , ele é o menino mais cavalheiro que conheci , ele gosta de menias engraçadas , gentis e que não se importam com a aparência
Eu : AWNN .. que fofo 
Carol e Rachel ainda mostravam não acreditar e eu percebi que a Ana se sentiu mal por isso 
Eu : Ann -era como eu chamava ela as vezes- você tem uma foto de vocês dois juntos ai ?
Ana : Acho que tenho uma foto  aqui -ela pegou o celular meio tremula e mostrou ele ,  realmente ele era muito bonito-
Carol : Não é que a criatura era namorada do bofe mesmo ? 
Rachel : garota você arrasou hein ! eu to tipo in love por esse lindão -logo rachel percebeu a burrada que falou , afinal Ana ainda sentia algo por ele- Bom .. claro que se você ainda gosta dele ...
Ana : -ela sorriu- não .. eu estou esquecendo o justin , nem que demore pra eu esquecer totalmente eu não quero voltar atras 
Eu : -a abracei forte-
Ana : pra conquistar ele seja você mesma em qualquer hipótese e jamais , jamais deixe ele sozinho em um momento ruim -ela abaixou a cabeça então fui logo mudando de assunto-
Eu : por falar em deixar sozinho , cade o Zac gente ? ele nunca mais veio me ver
Carol : ah é .. teu best ta de namorada
Rachel : e a bruaca é INSUPORTÁVEL , NÃO deixa ele falar com agente e muito menos vim aqui te ver
Eu e ana  : aff que horror !
Carol : pois é  
Assistimos alguns filmes e quando deu 2 da manhã tivemos que dormir por que reclamaram conosco . De manhã Ana foi embora pra falar com vovó o mais rápido possível e rachel e carol ficaram até umas 3 da tarde elas amaram a comida daqui , mas não é pra menos né ? eu também amei a comida de lá e olhe que antes eu dizia sempre que era a da minha avó sem exceção . Depois de dar adeus as meninas e tomar um banho já que tínhamos tomado banho na piscina me deitei e apaguei literalmente .
Quando fui abrindo meus olhos  devagar vi minha avó sentada na poltrona lendo uma revista 
Eu : Vó ! -levantei rápido fazendo ela rir-
Avó : meu amor , você acordou !
Eu : Ai vó que saudade -abracei ela-
Avó : também meu amor , nem acredito que sua mãe fez isso com você e ainda mentiu pra mim
Eu : foi ele Vó , é tudo culpa daquele idiota
Avó : foi verdade aquilo ? que ele fez com você ? -disse aflita-
Eu : foi sim vó , parece loucura mas foi 
Avó : E como você veio parar aqui ?!
Eu : um dia antes de vir pra cá contei a verdade sobre Mark pra minha mãe mas parece que ela não acreditou ou ela falou com ele e ele desmentiu e ainda disse que eu estava louca , e então no outro dia quando estava voltando da escola a ambulância me trouxe pra cá e eu lembro claramente o que mark disse a mim -fechei o punho-
Avó : oque aquele cafajeste disse ?!
Eu : ''isso é pra você aprender a ficar de boca calada mocinha'' -imitei com voz grossa-
Avó : vou te tirar daqui meu amor
Eu : não vó , eu não quero voltar pra minha casa 
Avó : e você não vai .. você vai para a minha casa que será sua agora 
Eu : serio ?! -disse animada-
Avó : vá arrumando suas coisas que vou falar com a recepcionista , você sai daqui hoje mesmo
Comecei a arrumar as minhas coisas , estava tão feliz parecia que eu estava participando daquele clipe da katy perry por que eu parecia estar soltando fogos de artificio , uma das melhores noticias recebidas , iria recomeçar minha vida finalmente . 
Minha Avó me ajudou a colocar as coisas no carro e nós seguimos para sua casa que agora .... era minha CASA .

Continua .........

Continuo com dois comentários !!
** por favor meninas divulguem nosso imagine**

BIEBERKISSES,
Thai :)